Diabetes
Saiba um pouco mais de como tratar bem sua saúde
06/11/2014
16:36:50

O diabetes mellitus é uma doença crônica que se caracteriza por uma elevada taxa de glicose (açúcar) no sangue. Essa elevação ocorre, na maioria das vezes, por uma deficiência do organismo em produzir insulina ou pela dificuldade na ação desse hormônio, que ajuda as células a usarem a glicose para gerar energia.

 

Principais sintomas:

Poliúria (urinar muitas vezes ao dia e em grandes quantidades);

Polidipsia (sede exagerada); Polifagia (comer muito);

Emagrecimento sem explicação;

Desânimo, fraqueza e cansaço;

Visão turva;

Cicatrização difícil de feridas.

Atenção: esses sintomas não são exclusivos do diabetes. Além disso, muitas vezes, a pessoa com diabetes não apresenta nenhum sintoma. Portanto, só o médico, através do exame adequado, pode fazer um diagnóstico correto.

 

O diabetes, se não tratado e bem controlado, pode provocar:

- Infarto do miocárdio;

- Cegueira; Doença renal;

- Úlceras na perna; Amputação de membros;

- Impotência sexual.

 

Fatores predisponentes para o diabetes:

- Idade igual ou superior a 45 anos;

- História familiar de diabetes (pais, filhos e irmãos);

- Excesso de peso;

- Sedentarismo;

- Hipertensão arterial;

- Doença coronariana;

- Nível elevado de triglicerídeos;

- Diabetes gestacional prévio.

 

Os tipos mais freqüentes:

Tipo I ou diabetes insulino-dependente:

Ocorre geralmente nos jovens. Aparece subitamente e progride de maneira muito rápida. Os portadores dessa doença produzem pouca ou nenhuma insulina e, por isso, necessitam tomar injeções diárias do hormônio. O tratamento também inclui uma dieta alimentar bem planejada e exercícios físicos regulares. O diabetes tipo I corresponde a aproximadamente 10% dos casos de diabetes.

 

Tipo II ou diabetes não-insulino-dependente:

Ocorre, usualmente, em indivíduos com mais de 40 anos que muitas vezes são ou foram obesos. O diabético tipo II pode ser controlado por meio de dieta, exercícios, medicação oral ou, em alguns casos, insulina. Representa 90% dos casos dos diabéticos.

 

Diabetes gestacional

Esse tipo de diabetes, menos comum, aparece em algumas mulheres durante a gravidez, acometendo cerca de 70% de todas as gestações. A mulher com diabetes gestacional deve ser monitorada regularmente pelo seu médico. De modo geral, metade das mulheres acometidas por esse problema torna-se diabética do tipo II anos mais tarde.

 

Como o diabetes pode ser detectado?

O diagnóstico de diabetes é determinado através do teste de glicemia, que mostra a quantidade de glicose no sangue. Exames de urina também podem apontar um quadro de diabetes, já que, quando ocorre excesso de glicose no sangue, os rins eliminam parte dessa substância pela urina.

 

Quais são as taxas normais de glicose? 

As taxas de glicose devem estar, normalmente, entre 70 e 99 mg/dl.

 

Como o diabetes pode ser controlado?

Dependendo do tipo, o diabetes pode ser controlado com medicamentos orais e/ou injeções de insulina. Uma dieta saudável e a prática de exercícios físicos regularmente auxiliam o controle do diabetes. É importante lembrar que somente o médico pode avaliar a situação do paciente e indicar o melhor tratamento em cada caso.

 

Dicas:

- Evite alimentos gordurosos, açúcar e bebidas alcoólicas;

- Procure comer alimentos ricos em fibras e faça suas refeições em horários regulares;

- Tome medicamentos apenas sob orientação médica;

- Faça exercícios físicos regularmente;

- Não fume.

 

Seguindo as recomendações médicas e tomando os cuidados necessários, o diabético hoje pode conviver de forma bastante tranqüila com as limitações impostas pela doença. Com responsabilidade e consciência, o diabético pode levar uma vida ativa e livre de problemas.

Deixe um comentário
Receba nossas novidades
Cadastre seu e-mail e receba nossas ofertas e notícias
Copyright 2014 © Todos os direitos reservados.